O estudo de eficiência energética e qualidade de energia busca promover a otimização do consumo de recursos elétricos analisando aspectos como opções tarifárias a viabilidade de geração distribuída.

Estudo tarifário

Para unidades consumidoras do Grupo A – Unidades com tensão de entrada acima de 2,3 kV – a legislação brasileira, atualmente, permite ao titular a opção entre três tipos de tarifas referentes: Azul, Verde e Convencional, esta última sendo gradualmente extinta a partir das revisões tarifárias das concessionárias. Cada uma das opções possui particularidades tais que a opção mais adequada, baseada perfil de consumo e demanda da unidade consumidora, pode significar em níveis significativos de economia em custos com energia elétrica.

Correção de fator de potência

O fator de potência é um parâmetro indicador da proporção útil extraída da potência disponibilizada pela concessionária de energia. Especificamente, o fator de potência é dado pela razão da potência ativa (útil), dada em watts, pela potência aparente, dada em volt-ampère. Idealmente o fator de potência deve se aproximar o tanto quanto possível de 1, tal que potência ativa e potência aparente sejam equivalentes. No Brasil, é previsto, para as unidades consumidoras do grupo A o fator de potência mínimo de 0,92, sendo estabelecida uma cobrança diferenciada (e maior) para consumidoras que apresentam fator de potência menores que 0,92. A correção de fator de potência, então, é uma medida voltada à adequação do fator de potência para os valores mínimos estipulados pela legislação brasileira, e isentar nossos clientes de cobranças desta natureza.

Projeto de Conjunto de Geradores

A utilização de geração distribuída, operando de forma isolada e conectada à rede principal de energia, é uma prática comumente utilizada em plantas industriais ou mesmo quaisquer unidades consumidoras em que a confiabilidade e estabilidade de fornecimento de energia seja crucial. O projeto do conjunto do geradores para uma planta é sempre precedido de um estudo objetivo quanto a viabilidade econômica da solução, bem como definição de opções tarifárias adequadas para o perfil de consumo do caso em si. Posteriormente o projeto de um Conjunto de Geradores parte para dimensionamento da solução em si e descrição de procedimentos técnicos específicos para operação dos geradores.

Projeto de Sistemas Fotovoltaico

A implantação de sistemas de energia solar tem ganhado cada vez mais espaço na nossa matriz energética. A possibilidade de ligação com a rede principal de energia e adesão ao sistema de créditos junto à concessionária torna o investimento de obter a geração de energia solar distribuída cada vez mais atrativo. O estudo dos sistemas desta natureza abordam pontos como viabilidade econômica a partir do perfil de consumo energético dos interessados, bem como potencial do local para energia solar. O projeto, por sua vez, define dimensionamento de equipamentos, procedimentos de  operação e trâmites burocráticos junto a concessionária responsável.