Dúvidas Comuns

Respostas para as dúvidas mais comuns, pode ser também a sua dúvida. 😉

Vocês fazem visita técnica?

A sede da Odeon está em Florianópolis, SC. E, atende todo estado de Santa Catarina, realizando visitas técnicas sempre que necessário, em todo Estado. Solicite aqui um orçamento e a Odeon retornará o seu contato em até 24 horas úteis.

Como solicitar um orçamento?

A Odeon disponibiliza soluções adequadas de acordo com cada necessidade e objetivos do projeto. Clique aqui para solicitar um orçamento descrevendo alguns detalhes sobre o que você precisa, e a Odeon Projetos retornará o seu contato em até 24 horas úteis.

O que é padrão de entrada de energia?

O padrão de entrada de energia é o procedimento protocolar exigido pela concessionária responsável pela rede a qual se queira se conectar. Na engenharia elétrica, no que tange a instalações elétricas, as responsáveis pelo fornecimento de energia elétrica, as concessionárias, possuem discricionariedade em como estabelecer padrões de tomada de energia de sua rede. Assim, cada concessionária determina seu padrão de entrada de energia a ser exigida dos projetistas das instalações elétricas de determinada edificação. O projeto de padrão de entrada, portanto, se refere a procedimentos apropriados para energização de edifícios consumidores de maneira segura e estável. Tal projeto, quando aprovado e somente quando aprovado, dá encaminhamento à ligação da energia elétrica da rede externa ao seu edifício/residência/indústria.

Como alimentar meu loteamento?

Em loteamentos, temos um “bairro particular”, e como qualquer bairro é preciso que exista infraestrutura elétrica para alimentação das residências e iluminação pública. A energização da uma rede elétrica particular se dá por meio de um projeto elétrico devidamente elaborado em conformidade com as normas das concessionárias e ABNT. Projetos desta natureza devem englobar parâmetros tanto elétricos, como dimensionamento de cabos, cargas, transformadores, quanto mecânicos, como postes e cálculos mecânicos para garantir uma infraestrutura elétrica adequada. O projeto, então, é submetido à concessionária que detém a rede elétrica a qual se queira conectar e, quando aprovado, a rede particular será conectada à rede externa às dependências do loteamento.

Rede subterrânea ou aérea?

Esta é uma característica de projeto muito importante e ambas possibilidades possuem vantagens e desvantagens quanto à sua aplicação. Naturalmente, a rede subterrânea implica em melhor estética, flexibilidade em uso de luminárias e postes decorativos e ainda abriga a rede elétrica das intempéries, promovendo maior estabilidade da rede. A contrapartida da rede subterrânea é sua manutenção complexa e pouco dinâmica, sendo necessários serviços de escavação para acesso à rede. Ademais, a necessidade de subestações subterrâneas torna o empreendimento de rede de distribuição elétrica subterrânea muitas vezes inviável e, consequentemente, esta prática encontra resistência na aprovação por parte da concessionária.

As redes aéreas, por sua vez, possuem desvantagens majoritariamente em aspectos estéticos em sua implementação, uma vez que a rede fica exposta, o que implica em limitação de área e poluição visual. No entanto, sua implementação é consolidada e bem documentada nos padrões da concessionária, culminando em um processo de aprovação mais ágil.

Sumariamente, a escolha de rede subterrânea ou aérea recai ao projetista, baseado nas requisições do cliente e viabilidade por parte da concessionária.

Como tornar a instalação elétrica eficiente?

Na hora de conceber a residência a ser construída em um determinado terreno, é de suma importância analisar, em fase de projeto, as medidas que serão atendidas para se observar uma eficiência máxima de recursos energéticos na futura residência. Neste âmbito, temos que observar as principais fontes de consumo de energia em uma residência ordinária. Desta maneira, podemos nortear nossos esforços para melhor eficiência energética em equipamentos como condicionadores de ar, geladeiras, chuveiros e iluminação em geral. Tais medidas advêm desde o arquitetônico, com orientação apropriada em relação ao sol, arborização circundante e afins, até painéis solares para aquecimento de água.

A premissa, portanto, é conceber medidas de eficiência energética baseadas em tecnologias consolidadas e prospectadas na otimização de recursos energéticos.

Como garantir uma instalação elétrica resiliente?

Em instalações elétricas existem boas práticas de engenharia que permitem a conservação da instalação com prospecção de aumento de carga e deterioração. As normas vigentes pertinentes a instalações elétricas devem ser sempre atendidas, e ainda superadas, dado que as tais normas estipulam requisitos mínimos para uma infraestrutura elétrica estável.

Quem é o responsável técnico pela instalação elétrica?

Desde a tomada de energia, passando pelo dimensionamento e passagem de dutos, até o projeto do sistema de proteção contra descargas atmosféricas, o engenheiro eletricista que emitiu a ART é o responsável. Existe, no entanto, a premissa de responsabilidade distintas de projeto e execução, sendo necessário, para ambos os casos, um engenheiro eletricista responsável pela ART do serviço de projeto/obra.

Envie sua mensagem

Estamos também no WhatsApp! Consulte: (48) 99854-7384.